janeiro

17

Como a ccenergia o pode ajudar no novo diploma da Legionella e Auditorias QAI

Ao contrário do que acontecia desde 2014, o Governo anunciou que vai avançar com uma proposta de diploma que “visa reduzir os riscos associados ao surgimento e à propagação da Legionella e da Doença dos Legionários” e que realização das auditorias à qualidade do ar interior (QAI) vai passar a ser obrigatória e incluída no regime de Certificação Energética de Edifícios.

 

Segundo Matos Fernandes, “O diploma que preparámos assenta num sistema de autocontrolo, que responsabiliza os operadores, que é auditável, e que estabelece um nível gradativo de obrigações em função do perigo específico que cada equipamento, rede ou sistema comporta em matéria de Legionella, prevendo, ainda, um conjunto de obrigações mais exigentes em situações de risco ou de surto de Doença dos Legionários”.

 

Este diploma vai ser aplicado a indústrias, equipamentos públicos, edifícios de serviços, grandes edifícios, em particular hospitais, hotéis, blocos de escritórios, centros comerciais, etc e as auditorias QAI vão passar a ter de ser feitas por entidades acreditadas, no entanto a sua periodicidade está ainda por defini, sendo que o incumprimento dos limiares de proteção da QAI vai constituir contraordenação.

 

Assim, a intuito do Governo é a de, “se não eliminar, pelo menos reduzir o mais possível” o risco da sua disseminação e o risco do surgimento de episódios e surtos de Doença dos Legionários, declarou o ministro do ambiente.

 

Brevemente daremos informações mais concretas de quem está elegível por este diploma.

 

 

Na ccenergia estamos focados nas necessidades dos clientes.


Se tem dúvidas sobre o novo diploma da Legionella e QAI, fale connosco.


Para receber mais notícias de uma forma periódica subescreva a nossa Newsletter!

 

Fonte: Edifícios e Energia

 

voltar